Núcleo Avançado de Tratamento Odontológico LTDA

Atendimento a Pacientes

EPAO 1635 CNPJ 18.477.161/0001-36
Responsável Técnico CRO-RJ 7724

Nossos Serviços

Modalidades de Atendimento:

Nossos Serviços

Nossa equipe multidisciplinar realiza atendimentos sob sedação por via oral e inalatória, com o objetivo de aumentar a segurança e conforto durante o atendimento.

Oferecemos a modalidade de tratamento odontológico intensivo nas clínicas da Barra da Tijuca e Miguel Pereira, SPA em odontologia em Miguel Pereira, e odonto home care para o Estado do Rio de Janeiro.

Se você é fóbico, tem algum agravo crônico, tal como: hipertensão arterial, diabetes, epilepsia, ou qualquer outra condição especial, ou um filho de difícil controle para atendimento odontológico, agende uma consulta e teremos o maior prazer em receber você e sua família!

One Day Dental Clinic

"One Day Dental Clinic" é a alternativa para quem dispõe de pouco tempo e não abre mão de manter a saúde e cuidar dos dentes. Você encontra no " One Day Dental Clinic" a opção certa para realizar em um só dia o tratamento dentário que duraria várias sessões ou até alguns meses!

One Day Dental Clinic

Você já se imaginou passando o dia em um SPA com atendimento odontológico e sair com todo o tratamento realizado neste mesmo dia? Pois esse método, conhecido como "One Day Dental Clinic", permite que uma equipe multidisciplinar de profissionais atue simultaneamente, realizando todo o tratamento que você necessita em apenas um dia, tornando esta modalidade de tratamento ideal. A idéia do "One Day Dental Clinic" surgiu a partir da busca de muitos pacientes por locais apropriados para a realização de tratamento odontológico intensivo. Sobre os pilares da segurança, e do conforto criamos então esse espaço em nossa clínica. Oferecemos atendimento individualizado e muito próximo aos pacientes e acompanhantes, para que eles se sintam em casa. Os ambientes da clínica e do SPA Sítio Bom Tempo, são totalmente adequados às normas de Vigilância Sanitária, equipamentos de última geração, com infra-estrutura acolhedora e agradável. Temos com isso atendido a diversos pacientes, inclusive do exterior, buscando soluções, através de nosso sistema de tratamento intensivo multidisciplinar, também conhecido como "One Day Dental Clinic". Continuar lendo...

Atendimento a Pacientes com Comprometimento Médico

Necessidades Especiais

O Autismo é um transtorno invasivo do desenvolvimento, isto é, algo que faz parte da constituição do indivíduo e afeta a sua evolução. Caracteriza-se por alterações na interação social, na comunicação e no comportamento. Manifesta-se antes dos 3 anos e persiste durante a vida adulta. Há outros distúrbios do desenvolvimento que se enquadram no perfil de problemas autísticos, mas que não incluem todas as características da doença. Basicamente, quatro fatores indicam a presença do autismo infantil: problemas de relacionamento social, dificuldade de comunicação, atividades e interesses restritos. O autista tem dificuldade em ajustar seu comportamento ao contexto social e não consegue reconhecer ou responder adequadamente às emoções dos demais. É comum, porém, que a criança tenha proximidade com os pais, desenvolvendo inclusive a afeição, mas é mais propensa a abraçar do que a aceitar ser abraçada. As interações sociais com os pares são restritas. Estes pacientes em sua maioria permitem a intervenção odontológica desde que sob sedação consciente, e com os pais interagindo durante todo o tratamento. Continuar lendo...

Sedação Consciente

Sedação Consciente

A Sedação Consciente pode ser utilizada nos mais diversos tratamentos, desde a simples remoção de cárie, até uma extração, tratamento de canal ou qualquer outra intervenção que exija anestesia.

Em função das características sedativas e analgésicas do gás, alguns procedimentos odontológicos podem ser executados sem a complementação de anestesia local. A grande vantagem da aplicação da técnica de sedação por via inalatória, é a combinação da sensação de bem-estar e tranqüilidade, associada a redução da dor.

Quando o dentista utiliza um método farmacológico, como a sedação consciente deixa o indivíduo mais relaxado e confortável durante o atendimento odontológico, e desta forma, também está agindo para prevenir complicações gerais como desmaio, alterações de pressão arterial ou glicemia, e a intercorrência de emergências médicas, durante o tratamento.

Clareamento Dental

Clareamento Dental

Os nossos dentes, com o passar dos anos têm a sua coloração alterada tornando-se mais escuros e manchados.

Hoje, é possível reveter este processo e recuperar parte ou a totalidade do aspecto claro do dente.

Um dos procedimentos mais indicados é o clareamento que objetiva remover manchas dos dentes, ou escurecimento, devolvendo a eles sua cor original. Apresenta um resultado estético excelente num curto espaço de tempo. Atualmente existem duas modalidades de clareamento:

Realizado no consultório, com equipamento laser necessita de uma ou duas consultas ou Realizado em casa, pelo próprio paciente, com o auxilio de uma moldeira e um gel clareador.

Implantes Dentários

Implante Dentário Implante Dentário

Os implantes dentários são uma condição de tratamento durável. O sucesso a longo prazo de um implante osseointegrável, está diretamente relacionado a uma adequada investigação das condições ósseas e sistêmicas do paciente. Um bom planejamento cirúrgico – protético, uma conveniente cirurgia e uma reabilitação protética apropriada, porém o fator mais importante no sucesso, deste tratamento é a higiene oral adequada desenvolvida por você, com a nossa orientação.

O implante é um parafuso metálico de dimensões reduzidas. Este parafuso de titânio é bem tolerado pelo organismo e exerce a função de raiz. Vantagens dos implantes:

Nossa equipe realiza cirurgias com sedação em tratamentos intensivos, com a segurança pautada na experiência de mais de 5 mil implantes colocados

Na seqüência de fotos abaixo, vemos uma paciente de 28 anos que sofreu um acidente e perdeu o incisivo central superior direito. Foi tratada implantodonticamente onde sua raiz natural perdida foi substituída por uma artificial de titânio (implante dentário). Na segunda foto observamos que a coroa protética instalada sobre o implante possui uma estética sofrível. Esta paciente nos procurou perguntando se havia como melhorar ainda mais o resultado estético de seu tratamento. Após a análise do caso, optamos pela substituição da coroa e da conexão protética intermediária por outras, e conseguimos atingir um resultado mais favorável (foto 3) que trouxe satisfação à paciente.

Implante Dentário Implante Dentário Implante Dentário

Cirurgias

Cirurgias

Realize a remoção dos terceiros molares (dente do siso), com segurança e conforto, com sedação, eliminando medo dor e ansiedade. Nossa clínica tem como profissional responsável nessa especialidade o CD e Professor Luiz Alberto Ferraz de Caldas, ex-residente em Cirurgia no Hospital Antônio Pedro (UFF) e possui mais de cinco mil casos tratados com sucesso. Realizamos cirurgias de enxertos ósseos (massa óssea para a realização de implantes), enxertos gengivais (utilizados nas retrações gengivais), cirurgia plástica gengival, cirurgias implantodônticas entre outras cirurgias com elevado grau de complexidade.

Reabilitação Oral

Reabilitação Oral

Esta é uma matéria que envolve um entendimento mais complexo do que significa uma odontologia integrada, isto porque, na maioria das vezes para se reabilitar um paciente temos de lançar mão de quase todas, ou todas as especialidades. Se não , vejamos, muitos de nós ficamos, em função da vida estressada e corrida do fim do século , anos e anos sem fazer uma visita ao nosso dentista , e só vamos lembrar dele , quando sentimos algo, ou quando fiamos impedidos de executar alguma função, que diariamente lançávamos mão, sem nos dar conta de como faziamos, aí sim toca o nosso "despertador", e nós procuramos o dentista. Só que nesta altura, já estamos com o dente ou dentes completamente perdido(s) , ou estes necessitam de : tratamento de canal, tratamento de gengiva e reconstrução protética, através de coroas artificiais. Neste ponto, já envolvemos no nosso planejamento, três especialidades (endodontia, periodontia e prótese).

Caso a mesma pessoa esteja com a perda de alguns dentes e os vizinhos a estes estejam íntegros deve o bom planejamento determinar a execução de implantes dentários,não se concebe mais na odontologia atual o desgaste de dentes perfeitos para a substituição de um ou mais elementos ausentes, mais uma especialidade (implantodontia). Vamos adiante, no nosso exemplo e suponhamos, que este dente vizinho inclinou-se e necessita ser movimentado ortodônticamente, para ficar posicionado corretamente, mais uma especialidade (ortodontia).

Outra pessoas, não tem muitos problemas que envolvam restaurações, mas sentem forte dores ao abrir e fechar a boca, tendo muitas vezes "estalos" próximo ao ouvido, cabe ao protesista e ortodontista , avaliar através de um razoável conhecimento de (oclusão) os problemas da mordida deste indivíduo.

Endodontia

Endodontia

A endodontia é a especialidade da odontologia que trata da prevenção e cura das doenças da polpa dental e de suas complicações.

As conseqüências do não tratamento podem variar bastante. Podem ocorrer desde infecções de baixa intensidade e longa duração evoluindo para lesões na região do ápice da raiz, até infecções de alta intensidade, dor aguda, com evolução rápida para abscessos (acúmulo de pus). Pode também ter conseqüências mais sérias como inchaço, febre e bacteremia (bactérias na corrente sanguínea).

O tratamento de canal consiste na remoção total do tecido mole que se encontra na parte mais interna do dente (câmara pulpar e canal radicular) que se denomina polpa. Esta, ao ser removida, é substituída por um material obturador.

Nem sempre quando um dente dói, deve receber tratamento endodôntico, mas os sintomas mais característicos que indicam esse tratamento são:

Quando a polpa ainda está viva porém inflamada: o dente dói de forma latejante, sem estímulo, não localizada, aumenta com o calor e o uso de analgésico não resolve.

Quando a polpa já está morta: o dente dói ao mastigar, é bem localizada e ao abaixar a cabeça se tem a sensação de que o dente "pesa". Ao contrário do que muitos pensam, o tratamento de canal é indolor. Quando a polpa já morreu, obviamente não dói e quando está viva e inflamada, uma correta técnica anestésica (gota-gota), garante o total conforto do paciente.

Traumatismo Dental

Traumatismo Dental

Os traumatismos dentários resultam em lesões aos dentes que compreendem desde uma pequena fratura até a sua completa saída da boca e também lesões aos tecidos moles (língua, lábio, bochecha) e face, além de representarem um sério problema de ordem emocional e psicológico para o paciente.

O traumatismo acomete uma considerável parcela da população. Estudos mostram que uma a cada duas crianças sofre de trauma, principalmente entre os oito e doze anos de idade e que o índice em esportistas é alto, variando de acordo com o esporte praticado entretanto, os traumatismos dentais no esporte, possuem a particularidade de poderem ser prevenidos pelo uso de protetores bucais.

Hoje a maior preocupação em crianças, é a de manter seus dentes na boca, até terem condição de fazer um tratamento definitivo, seja com próteses ou até mesmo, implantes dentários, mas para isso, deve-se manter o espaço até a idade adequada.

A aparência de uma dentição falhada pela fratura ou pela perda de dentes não pode mais ser aceitável socialmente e, embora muitos avanços tenham sido feitos no tratamento desses traumas, se tem prestado pouca atenção às formas de preveni-los.

Atendimento a Idosos

Idosos Idosos

Pacientes idosos podem se beneficiar de todas as especialidades odontológicas, de maneira mais relaxada através das técnicas de sedação consciente, minimizando os riscos oriundos do atendimento.

Pacientes idosos desenvolvem doenças crônicas como por exemplo hipertensão arterial. A Organização Mundial da Saúde (OMS) define como doenças crônicas as doenças cardiovasculares (cerebrovasculares,isquêmicas), as neoplasias, as doenças respiratórias crônicas e diabetes mellitus. A OMS também inclui nesse rol aquelas doenças que contribuem para o sofrimento dos indivíduos, das famílias e da sociedade, tais como as desordens mentais e neurológicas, as doenças bucais, ósseas e articulares, as desordens genéticas e as patologias oculares e auditivas.

Os pacientes portadores de doença crônica, DCNT (doença crônica não transmissível) normalmente ingere por dia, em uso continuo, mais de 3 medicamentos, que as vezes interagem entre si, ou quando associados a outros medicamentos a serem prescritos pelo dentista, produzem efeitos colaterais importantes, podendo potencializar, reduzir ou anular o efeito dos medicamentos utilizados para o tratamento da doença, por ex. medicamentos utilizados para o controle da pressão arterial, do diabetes, e assim por diante. O uso da sedação consciente nestes pacientes por reduzir o estresse, reduz conseqüentemente a injeção de anestésicos, favorece a reparação tecidual, reduz a dor pós- operatória reduzindo por conseguinte, a ingestão de medicamentos analgésicos e anti inflamatórios.

Projeto Idoso Sempre Sorrindo!

A Equipe multidisciplinar do NATO tem longa experiência com idosos com necessidades especiais e capacidade funcional reduzidas, através do atendimento domiciliar. A partir deste contexto, foi concebido o projeto Idoso Sempre Sorrindo que pretendemos oferecer a sua Instituição. Leia nosso release e agende uma visita técnica.

Idosos - Centros de Longa Permanência

Pensar sobre o envelhecimento e a saúde, hoje, é imprescindível. O NATO disponibiliza para sua Instituição uma equipe multidisciplinar, capacitada ao atendimento do idoso portador ou não de necessidade especial. Contamos com as seguintes ferramentas que fazem da nossa equipe, a única no Brasil com possibilidade de programar o atendimento integral, seguro e domiciliar no seu estabelecimento. São elas:

Não se pode conceber dissociar a saúde geral da bucal, como se existissem " dois "organismos diferentes", corpo e boca, compartilhando do mesmo indivíduo, assim como não se pode dissociar este indivíduo de sua experiência familiar, e a partir deste ser unificado física e socialmente é que concebemos a filosofia de atendimento em saúde bucal do NATO, onde temos um produto específico para a sua Instituição que privilegia qualidade com acolhimento e humanização .
O Levantamento das Condições de Saúde Bucal da População (SB Brasil), realizado pelo Ministério da Saúde em 2003, permite pro­blematizar o grave quadro amos­tral de agravos e necessidades de pessoas idosas. Com relação a doença de gengiva, este estudo mostrou que esta presente em cerca de 93% dos idosos , Mas ainda mais preocupante, é que cerca de 80% dos sextantes examinados foram excluídos do registro para compor o índice de doença periodontal, devido ao fato de não apresentarem nenhum dente presente ou apenas um dente funcional.
Rodrigues CK, em 2003, realizou um estudo em cinco casas de repouso de Curitiba, em amostra de 100 idosos, constatando que estes não possuíam atendimento odontológico periódico, procurando o atendimento somente quando havia dor e em apenas uma das instituições havia atendimento odontológico no local de moradia.
A RDC 283/2005 da ANVISA estabelece parâmetros baseada no Estatuto do Idoso quanto as Instituições de longa permanência, estabelece normas para a garantia dos direitos das pessoas com idade igual ou superior a 60 anos no que diz respeito à qualidade dos serviços prestados, como também exige a existência de recursos humanos capacitados para o atendimento aos idosos, que prevê a elaboração de um plano de trabalho, com a descrição das atividades previstas em lei.

O Conselho Federal de Odontologia (CFO), na sua resolução 25/2002, determina que o cirugião-dentista com especialidades direcionadas a população idosa , devem ser incluídos como integrantes das equipes de atenção à saúde dos idosos nas instituições de longa permanência.

Segundo Rodrigues C,K e col 2007, As instituições de cuidados para idosos devem se adequar à nova legislação, visando a promoção de saúde bucal e geral dos idosos. A imagem negativa das instituições, associada à idéia de tratamento inadequado, a um ambiente associado a tristeza ou à falta de higiene e a falta de companhia, ou ainda a convivência com estranhos, são outros fatores que afastam a disposição dos idosos de morarem em uma delas, quando agregamos serviços que pretendem o acolhimento e humanização, com equipes treinadas que buscam o vínculo, promovem um aumento imediato na qualidade de seus serviços.
Quando implementamos parcerias contratualizadas com a sua Instituição, a partir do consentimento da direção, após levantamento epidemiológico(necessidades da população alvo), geramos um documento, contactamos os responsáveis pelos idosos e agendamos reuniões, para comunicar as condições encontradas e as necessidades sentidas, para juntos, Insituição, familiares e NATO, buscarmos as soluções personalizadas priorizando o vínculo e acolhimento.
Em sua Instituição treinamos sua equipe para ampliar o seu olhar quanto a este ser unificado, observando se o idoso apresenta dificuldade em comer, sorrir e falar, pois estas situações podem evidenciar problemas individuais – de dor nos dentes, próteses bucais mal adaptadas, lesões na mucosa bucal, doenças periodontais, necessidades endodônticas, problemas articulares,etc. Alguns medicamentos tem como efeitos colaterais a: boca seca, gosto metálico, irritações, aftas,etc, Tudo isto precisa ser observado, como higienizar as próteses e os dentes, língua e gengiva, como realizar exames diários, que escovas devemos utilizar para os dentes e para as próteses, que tipos de lesões podem ter malignidade, e tantos outros aspectos que serão abordados no momento da capacitação de sua equipe .
Agende uma conversa com nossa acessora administrativa e vamos iniciar uma nova etapa de sorrisos na sua Instituição!

Casas de Repouso

Projeto de Implantação da Assistência Odontológica aos Idosos Internos em Centros de Longa Permanência

I- Resumo:

Com o envelhecimento várias alterações anatômicas e fisiológicas ocorrem na cavidade bucal, mas não necessariamente constituem desequilíbrio no processo saúde doença. Muitos problemas odontológicos encontrados no idoso são, na realidade, complicações de processos patológicos acumulados durante toda a vida do indivíduo, devido a higiene bucal deficiente, a iatrogenia, a falta de orientação e de interesse em saúde bucal e ao não-acesso aos serviços de assistência odontológica (Dini & Castellanos, 1993; Pucca Jr., 1996). Entre as alterações patológicas mais freqüentes no idoso estão a estomatite protética, o nevo pigmentado, a hiperplasia o edentulismo e a doença periodontal. A estomatite protética é um achado comum em virtude do alto índice de idosos que utilizam prótese, inclusive mal adaptadas, e da higiene precária, favorecendo a instalação de futuras infecções fúngicas dentre essas a candidíase (Pietrokovski et al., 1995). Foram observadas também queilite angular e actínica, hemangioma, lipoma, fibroma e leucoplasia, em menores proporções, as quais foram posteriormente comprovadas através de análise histopatológica (Kalache & Kickbusch, 1997).

As alterações de desenvolvimento mais freqüentes encontradas são: varicosidades sublinguais, língua pilosa, língua geográfica, língua fissurada, língua saburrosa, anquiloglossia e grânulos de Fordyce. Em virtude da diversidade de enfermidades sistêmicas encontradas nos idosos, uma variedade de fármacos é utilizado, ressaltando que uma mesma pessoa faz uso de mais de um medicamento o que acaba por comprometer a fisiologia do sistema estomatognático, ocasionando alterações bucais, tais como: xerostomia, candidíase, hiperplasia gengival, entre outras (Kalache & Kickbusch 1997) . De acordo Paunovich et al., em 1997, a maioria das drogas prescritas mais freqüentemente para os idosos internos em centros de longa permanência, tem potencial de efeitos colaterais. Além disso, muitos medicamentos interferem direta ou indiretamente com os procedimentos odontológicos, como o uso de anticoagulantes precedentes as intervenções cirúrgicas, causando risco de hemorragias, devido a interações medicamentosas, tendência a produzir hipotensão postural e alterações de humor. O rápido envelhecimento populacional no Brasil tem conseqüências tanto para o grupo de idosos como para a sociedade como um todo, pois essas pessoas necessitam de maior atenção dos serviços de assistência social e de saúde. Continuar lendo...

Atendimento Infantil

Atendimento Infantil

Acompanhar a primeira dentição, corrigir eventuais desvios, promover o tratamento preventivo e curativo é um dos objetivos do atendimento infantil.


Com a sedação consciente, é possível tratar crianças de difícil manejo, a partir de 2 anos de idade.

Atendimento a Pacientes Portadores de Doenças Crônicas

Doenças Crônicas

As intervenções odontológicas desencadeiam situações estressantes, e a capacidade adaptativa do paciente frente ao agente estressor, depende principalmente de seu estado de saúde. Pacientes idosos, desenvolvem doenças crônicas como por exemplo hipertensão arterial. A Organização Mundial da Saúde (OMS) define como doenças crônicas as doenças cardiovasculares (cerebrovasculares, isquêmicas), as neoplasias, as doenças respiratórias crônicas e diabetes mellitus. A OMS também inclui nesse rol aquelas doenças que contribuem para o sofrimento dos indivíduos, das famílias e da sociedade, tais como as desordens mentais e neurológicas, as doenças bucais, ósseas e articulares, as desordens genéticas e as patologias oculares e auditivas. Os pacientes portadores de doença crônica, DCNT (doença crônica não transmissível) normalmente ingere por dia, em uso continuo, mais de 3 medicamentos, que as vezes interagem entre si, ou quando associados a outros medicamentos a serem prescritos pelo dentista, produzem efeitos colaterais importantes, podendo potencializar, reduzir ou anular o efeito dos medicamentos utilizados para o tratamento da doença, por ex. medicamentos utilizados para o controle da pressão arterial, do diabetes, e assim por diante. O uso da sedação consciente nestes pacientes por reduzir o estresse, reduz conseqüentemente a injeção de anestésicos, favorece a reparação tecidual, reduz a dor pós- operatória reduzindo por conseguinte, a ingestão de medicamentos analgésicos e anti inflamatórios.

Periodontia

Periodontia

Periodontia, é a especialidade que permite realizar procedimentos de limpeza, devolvendo a saúde da gengiva, e conseqüemente, a longevidade dos dentes. Realizamos cirurgias corretivas, devolvendo contornos gengigivais das papilas, dando formas mais harmônicas ao sorriso.

O uso de laserterapia é feito nos procedimentos periodontais para acelerar cicatrizações e evitar processos inflamatórios. Em estudo publicado no "Journal of Periodontology" em novembro de 2001, onde pesquisadores demonstraram que em pessoas diabéticas, a periodontite pode afetar o controle da glicemia. Além disso, a doença periodontal parece ser um fator de risco em pacientes gestantes, que podem ficar mais propensas a parto prematuro e nascimento de bebês com baixo peso.Especialistas ainda estão terminando estudos que visam comprovar a relação da doença periodontal com derrames cerebrais, doenças cardíacas e respiratórias.

Nossa especialista, Dra. Carla Gamba, realiza procedimentos de raspagem, na maioria das vezes em sessão única, com sedação consciente, eliminando o desconforto presente neste tipo de procedimento. Não deixe de realizar seus exames periódicos no seu periodontista, sua saúde agradece! Gengiva sangrando, doendo ou com retração são sinais de alerta.

Odontologia Estética

Odontologia Estética

Técnicas restauradoras e de clareamento

Quase que artesanalmente, através de resinas compostas de ultima geração e de excelente qualidade, devolvemos as formas naturais de cada dente, reconstruindo dentes fraturados, corrigindo os dentes pigmentados, e devolvendo o formato ideal do dente.

Com o uso das técnicas em porcelana através do sistema Procera ou Inceram, já é possível caracterizar cores e formas idênticas as dos dentes naturais.

Odontologia Para Gestantes

Gestantes

A saúde de seu bebê começa pela sua boca Cada vez mais as futuras mamães estão se conscientizando da importância de realizar um tratamento odontológico assim que descobrem que estão grávidas. A saúde do bebê, no período gestacional, começa pela qualidade dos dentes da mãe. Dentes com cáries, problemas gengivais, inflamações, aftas constantes e outras disfunções poderão trazer sérios problemas para o futuro bebê.A sedação consciente com a mistura oxigênio e óxido nitroso está indicada, para controle da dor, do medo e da ansiedade, reduzindo a quantidade de anestésicos locais a ser injetada e também a prescrição de analgésicos e anti inflamatórios.

Odontologia Desportiva

Desportiva

Quem pratica esportes deve ter condições físicas adequadas para competir sem riscos ou diminuição do rendimento físico.

Entre outros objetivos da Odontologia Desportiva garante uma excelente saúde bucal ao desportista, detectando fatores prejudiciais a ele, como: respiração bucal, posicionamento dos dentes inadequados e administração de medicamentos com substâncias que possam causar doping positivo. O rendimento de um atleta pode diminuir por vários motivos, entre outros, estão:

Atletas precisam deste tratamento diferenciado, com um profissional preparado, não somente durante o tratamento, mas na prevenção e tratamento de traumas. Além de ter o atendimento local e encaminhamento ao tratamento ambulatorial ou hospitalar quando necessário.

Os traumas esportivos mais comuns são: fraturas de coroas em vários níveis, com ou sem comprometimento pulpar, lesões de tecidos moles e de tecidos de sustentação como concussão, subluxação extrusiva, luxação lateral, luxação intrusiva e avulsão.

Os traumas desportivos correspondem ao terceiro atendimento de traumas na face e chegam a ser um problema de saúde pública, pois podem levar a perda dental imediata (momento do acidente) ou mediata (no decorrer do tratamento ou anos após).

Esportes radicais (mountain bike, moto-cross, hockey inline, patins inline, skate, etc), artes marciais (judô, jiu-jitsu, katatê), lutas (greco-romana, sumô) e esportes de quadra (voleibol, handebol, futebol de salão, etc), são os que mais expõem os atletas a fraturas dentais. Nestes esportes o risco de sofrer contusões orofaciais durante a carreira variam de 33% a 56%, pois são esportes de contato e de grande competitividade.

Segundo a National Youth Sports Foundationm cerca de 5 milhões de dentes são perdidos por ano em atividades esportivas.

Segundo a ADA – American Dental Association, pelo menos 200 mil traumas são evitados devido as prevenção destes acidentes fazendo-se o uso de protetores bucais.

Os protetores funcionam como almofadas distribuindo as forças durante o golpe, prevenindo, assim, a laceração e equimose dos lábios e bochechas durante o impacto, protegendo as estruturas dentais e periodontais. Estes reduzem o número e a gravidade de danos as estruturas bucais causados por quedas e pancadas na região.

Segundo a Academia Americana de Odontologia Desportiva o uso deste aparelho diminui em até 80 % o risco de trauma dental. Cada desportista envolvido em um esporte de contato tem 10% de chance de desenvolver um acidente dental ou oral, sem o uso do protetor bucal personalizado e o risco de sofrer um ferimento nos dentes aumenta mais de 60 vezes. Sendo bem adaptado o protetor bucal não atrapalha a respiração do atleta, possibilitando uma fala fácil e a ingestão de líquidos sem que precise tirá-lo da boca.

Existem protetores bucais e placas de mordida que variam conforme o tipo de esporte. Eles são encontrados em lojas de materiais esportivos ou ainda melhores, podem ser confeccionados em consultório pelo cirurgião dentista de acordo com a necessidade de proteção do atleta. Os protetores bucais duram em média 01 ano, antes e após o uso devem ser lavados em água corrente e armazenados em estojos próprios.

Devem ser trocados nas crianças e adolescentes com certa regularidade (em período mais curto de tempo), devido ao crescimento ósseo ou sempre que o atleta apresentar mudanças significativas de peso.

É importante conscientizar o atleta que o uso do protetor bucal deve ser durante os treinamentos e competições e alertá-lo que haverá uma fase inicial onde seu rendimento poderá diminuir, mas que após a adaptação ele estará protegido e com seu desempenho normal.

Nossa equipe confecciona protetores bucais, são individualizados e obtidos a partir do modelo do arco do esportista. Estes não interferem na respiração nem na fala e permitem a ingestão de líquidos, sendo mais confortáveis. Além disso, não se deslocam facilmente da boca durante a prática esportiva. É importante ressaltar que todos esses protetores são utilizados no arco superior. E podem ser utilizados juntamente com aparelhos ortodônticos fixos, mas nesses casos, é importante enfatizar a necessidade de protetor duplo (nos arcos superior e inferior).

Atendimento Multidisciplinar

O sucesso do tratamento está diretamente relacionado ao conhecimento do processo saúde X doença, programa terapêutico adequado e equipe preparada para o atendimento.

É necessário desenvolver e trabalhar um programa de acordo com as necessidades que cada paciente exige. Investigamos possíveis comorbidades, através de extensa história clínica, exames laboratoriais e de imagem, checagem protocolar de sinais vitais: pressão arterial, freqüência cardíaca, respiratória e oximetria, durante todo o tratamento, aumentando a segurança do atendimento e por vezes antecipando prognósticos e/ou prevenindo outros desequilíbrios.

Atendimento Domiciliar

Atendimento Domiciliar

Nossa equipe realiza atendimento domiciliar em todo o Rio de Janeiro, o atendimento domiciliar, está indicado nos casos em que o transporte tenha um custo/benefício desfavorável ou que envolva risco para o paciente. O atendimento é feito através de um consultório portátil. Estes equipamentos foram especialmente desenvolvidos para o atendimento odontológico externo, podendo prestar atendimento dentário com a mesma qualidade e segurança desenvolvida para os equipamentos tradicionais.

Atendimento Domiciliar

O atendimento odontológico domiciliar envolve qualquer modalidade de tratamento nas mais diversas necessidades especiais (pacientes em cuidados home care, cardiopatas, efisematosos, diabéticos, portadores de doença de Parkinson, Alzheimer, deficientes físicos e mentais). Muitas vezes o risco no deslocamento deste paciente é maior do que o do próprio tratamento em si. Chamamos de tratamento avançado, pois depende do transporte de equipamentos e profissionais. Equipamentos de monitoração, que traduzam para a equipe para os pacientes e para os familiares segurança e conforto durante os procedimentos, que são todos executados sob sedação.

Os profissionais que integram a nossa equipe, possuem uma larga experiência em atendimento de pacientes com as mais complexas necessidades especiais, professores de pós-graduação da PUC-Rio e UGF, com capacitação no exterior.

Nesta especialidade, prestamos consultoria com planejamento estratégico individualizado para casas de repouso e clínicas geriátricas. Oferecemos um plano de atendimento não apenas curativo, com grande ênfase a odontologia preventiva. O programa envolve ações preventivas, educação em saúde para cuidadores e familiares, a fim de melhorar e prevenir males que muitas vezes são agravados pelas doenças da cavidade oral, tais como; as doenças cardíacas, o acidente vascular cerebral, o diabetes, etc.

Modalidades de Atendimento

Nossos Serviços

Pensando no seu conforto e comodidade, o NATO oferece algumas modadlidades de atendimento em suas clíncias. Clique nas opções ao lado e conheça um pouco mais sobre cada uma das modalidades.

Termos de uso do site  |  Políticas de privacidade  |  Aviso legal Desenvolvimento Alex Vizeu e Vinicius Zanovelli  -  Hospedagem SVZ